Lula está de volta. Vai assumir hoje, em Brasília, pela terceira vez a presidência da República. Chegou lá com o esforço coletivo de quem desejava a volta da democracia, da sensatez, da preocupação social, do respeito à saúde, à educação, ao meio-ambiente. O necessário trabalho de retomada dos nossos destinos começou com a conscientização, seguiu com uma campanha duríssima, passou pela conquista dos votos suficientes, pela diplomação e chega ao momento maior, com o grande vitorioso subindo a rampa do Palácio do Planalto. Claro que depois virá a limpeza dos escombros, a execução de planos que possam reconstruir tudo o que vem sendo posto abaixo ao longo de seis anos. E isso não será nada fácil.

O novo presidente é a esperança de todos, na forma humana. O que torna mais do que nunca apropriado que o símbolo do seu partido seja uma estrela. Ele próprio também é uma estrela. Ambos são a luz que deverá guiar a reconquista do respeito, da autoestima, da identidade do povo brasileiro. Depois de tanta escuridão, em almas e pensamentos, em posturas e em ações – ou falta delas –, agora a luz precisa brilhar. Vai brilhar, porque esse é o desejo de mais de 60 milhões de brasileiros, a mais expressiva votação de toda a nossa história. Pessoas de todas as classes sociais, credos e etnias, que juntas buscaram conjugar o verbo “esperançar”. Gente que quer livros e não armas; vacinas e não mortes; educação e ciência ao invés de ignorância; a verdade substituindo as mentiras; que exige respeito, saúde, dignidade, alimentação, segurança verdadeira, emprego e tranquilidade.

Luiz Inácio Lula da Silva já mostrou que é um homem iluminado. O líder maior e único capaz, nesse momento, de liderar de fato a nação para o reencontro com sua história e seu destino. Estamos acordando de um pesadelo, enorme e improvável. E devemos reacostumar nossos olhos, nossos sentidos, para a luz de novos dias. A mesma luz que precisa assombrar as milícias, os falsos cristãos e as viúvas de tempos ditatoriais. A luz das estrelas PT e Lula.

Nosso Sol também é uma estrela e todas as estrelas que vemos nas noites de céu claro são sóis que estão distantes de nós. O firmamento nos oferece esse espetáculo, talvez com a intenção de que possamos perceber nossa real pequena dimensão. E nos apresenta outros tantos, como eclipses, superluas e chuvas de meteoros. O ano que começa hoje será pleno nesses eventos. Se hoje o céu simbólico de Brasília estará tomado por estrelas subjetivas, da política, entre os dias 3 e 4 deste mesmo mês de janeiro estão previstas chuvas de meteoros (Quadrantis), que encherão nossa atmosfera noturna de “estrelas cadentes”. Esses meteoros ficarão incandescentes ao cruzar os céus. Mas em outras 11 ocasiões ao longo do ano poderão ser vistos.

Entre os dias 22 e 23 de abril será possível ver cerca de 15 meteoros por hora (Líridas). O mesmo ocorrerá em maio, entre os dias 6 e 7, em muito maior número, perto de 30 a cada 60 minutos (Eta Aquaridas), sendo essa chuva associada ao cometa Halley. Na verdade, todas são associadas a algum cometa, pois eles deixam no seu rastro esses fragmentos. Entre 28 e 29 de julho será a vez da chuva de meteoros Delta Aquaridas, com cerca de 25 objetos por hora. Também teremos esse fato uma vez em agosto, mais duas vezes por mês em outubro, novembro e dezembro. Ou seja, parece que alguma força superior está preparando confirmações constantes para o nosso país, que terá “estrelas” na terra e nos céus. Talvez alguém nas alturas tenha se cansado da apropriação indevida da expressão “Deus acima de todos”.

Apenas um eclipse solar poderá ser visto no Brasil esse ano. Vai ser em 14 de outubro e do tipo total, uma vez que a Lua vai passar na frente do Sol, transformando-o em um anel luminoso por alguns minutos. Se formos outra vez apelar para simbologias, se pode dizer que problemas de fato podem ocorrer, mas estaremos torcendo para que sejam poucos e breves. Quanto às superluas, essas serão quatro e visíveis daqui: em 2 de julho, 1º de agosto, 31 de agosto e 29 de setembro. Considerando que toda Lua cheia remete ao amor, ao sagrado, esses momentos nos quais ela fica mais de 15% maior do que seu tamanho normal – o satélite está no seu perigeu, o ponto de órbita mais próximo da Terra –, temos mais presságios positivos.

Isso posto, se você não conseguiu um modo de estar hoje em Brasília, pode ver a cerimônia pela televisão. Se nem isso for possível, seja por que razão for, ainda restam as coberturas jornalísticas. E mais todos esses vislumbres astronômicos para o resto do ano. O importante é estar sintonizado(a) com tudo o que de bom virá nas nossas vidas privadas e para a coletividade, se a gente contribuir para tanto. Vamos com fé, mas a verdadeira e não a manipulada; com esperança redobrada; e com disposição para seguir trabalhando muito – a gente sabe que as coisas não serão fáceis – na busca e na manutenção da felicidade. Porque esse Ano Novo há de ser mesmo novo, assim na Terra como no céu. Todos nós merecemos isso.

1º.01.2022

O bônus de hoje é com o Grupo Revelação e sua música Está Escrito. O áudio pode ser acessado logo abaixo.

Está Escrito – Grupo Revelação

Uma vez
Mensal
Anualmente

Se você gostou desta crônica ou de outras das nossas postagens, ajude a manter este blog em atividade, com contribuições.
Elas podem ser únicas, mensais ou anuais.
Selecione sua opção e confirme no botão abaixo.

Faça uma doação mensal

Faça uma doação anual

Escolha um valor

R$10,00
R$20,00
R$30,00
R$15,00
R$20,00
R$25,00
R$150,00
R$200,00
R$250,00

Ou insira uma quantia personalizada

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Faça uma doaçãoDoar mensalmenteDoar anualmente

7 Comentários

    1. Obrigado pela leitura e pelo comentário. O que se deseja é isso mesmo: que ele tenha proteção e força para fazer tudo aquilo que o país está precisando que seja feito. Um feliz Ano Novo para você e os seus!

      Curtido por 1 pessoa

  1. Parabéns pelo texto. És muito preciso e sensível para esclarecer com simplicidade fatos complexos.Fico emocionada sempre!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s